Um blog escrito por três mulheres, funciona como espaço para catarse, debate e exposição de pensamentos soltos.

.posts recentes

. Pó vivo!

. As duas Casuarinas - Cont...

. As duas casuarinas

. Isso não importa

. Profecia Familiar - Bem q...

. Noticia de ultima hora - ...

. Tai

. Romantismo masculino/Toda...

. Ser inebriante portuga

. Quem tem uma Tia assim nã...

.arquivos

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

Quarta-feira, 27 de Setembro de 2006

Insight

Reparou que na sua coxa direita os sinais desenhavam uma perfeita ursa maior, foi ao atlas confirmar, consultou o Dicionário dos simbolos Jean Chevalier e Alain Gheerbrantde para melhor entender o seu significado esotérico. Meditou, após horas e horas de reflexões e deambulações várias, surgiu finalmente a revelação sobre a intrigante constelação cutânea - o insight foi profundo: tinha tempo livre em demasia.

Maria João F.

 

publicado por mulheresforadehoras às 21:00
link do post | comentar | favorito
|

My Self e Jung tivemos um caso tórrido -"Aqui tem o seu escaravelho” Carl Jung

Após a leitura atenta da obra de Edward Hoffman “A sabedoria de Carl Jung” (Editora Palas Athenas), fui arrebatada por um insight poderoso sobre a relação transcendente entre o espaço, tempo e a causalidade - Em vidas passadas tinha tido um caso tórrido e arrebatador com Junguinho (assim o tratava na intimidade da alcofa)!

Passo a transcrever um breve excerto, que a meu ver transmite uma percepção directa do estilo deste fantástico amante:

 

"O meu exemplo refere-se a uma jovem paciente que, apesar dos esforços feitos de ambos os lados, provou ser psicologicamente inacessível. A dificuldade residia no facto de ela saber sempre mais que tudo. A sua educação excelente tinha-a equipado com uma arma feita à medida para o efeito, um racionalismo Cartesiano primorosamente refinado com uma ideia da realidade impecavelmente "geométrica". Depois de várias tentativas frustradas de lhe adoçar o racionalismo com uma compreensão algo mais humana, tive de me reduzir à esperança de que algo inesperado e irracional acontecesse, algo que rompesse a réplica intelectual a que se tinha remetido. Bem, um dia, estava sentado à frente dela, de costas para a janela, ouvindo o fluxo da sua retórica. Tinha tido um sonho impressionante na noite anterior, em que alguém lhe tinha dado um escaravelho de ouro - uma peça de joalharia cara. Enquanto ela me estava a contar o sonho, ouvi qualquer coisa a bater suavemente na janela. Voltei-me e vi que era um insecto voador bastante grande que batia de encontro à vidraça, na tentativa de entrar na sala escura. Isso pareceu-me estranho. Abri a janela imediatamente e apanhei o insecto no ar quando ele entrou. Era um besouro da família dos Escarabídeos, que ataca as roseiras (Cetonia aurata), cuja a cor verde-dourada se parece muito com um escaravelho de ouro. Entreguei o besouro à minha paciente com as palavras, "Aqui tem o seu escaravelho". A experiência abriu a brecha desejada no seu racionalismo e quebrou-lhe o gelo da resistência intelectual. Agora podia continuar o tratamento com resultados satisfatórios." Carl Jung

Maria João F.

publicado por mulheresforadehoras às 16:59
link do post | comentar | favorito
|

"No seu lugar, menina, eu ia para o sul, onde dizem que Deus é melhor” Margarite Duras

Terra prometida, ferias, praia verde, Monte Gordo, Castro Marim, Guadiana, licor de alfarroba, sangria de frutos silvestres, barquilhos, arroz de cabidela com hortelã, caldeirada, D. Rodrigo com muita canela, bolinhas de Berlim com creme e sem creme, areia cristalina, mar azul, levante, espuma do mar, biquini folclórico com lantejoulas, colar de contas coloridas, chapéu de palha, toldo, alecrim, baunilha, semana das tapas, Bar 42, marina de Vila Real de Santo António, intimidade, tesouros compartilhados, segredos gostosos, sardas, mergulhar de cabeça, Oh moço deixas-me almareada, budismo contemplativo do gerúndio algarvio, saudades tremendas…Algarve

Maria João F.

publicado por mulheresforadehoras às 16:39
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.Contador

Condos
Cell Phone Family Plans
blogs SAPO

.subscrever feeds