Um blog escrito por três mulheres, funciona como espaço para catarse, debate e exposição de pensamentos soltos.

.posts recentes

. Pó vivo!

. As duas Casuarinas - Cont...

. As duas casuarinas

. Isso não importa

. Profecia Familiar - Bem q...

. Noticia de ultima hora - ...

. Tai

. Romantismo masculino/Toda...

. Ser inebriante portuga

. Quem tem uma Tia assim nã...

.arquivos

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

Quarta-feira, 22 de Abril de 2009

Consta que perguntaste por mim!

Como tens passado? Curioso como o tempo corre...já faz tanto que nem uma palavra trocamos.

É verdade o meu livro vai ser editado, convidava-te com gosto mas sei que não te sentes bem em ambientes fechados e com muita papelada, existe o perigo dos ácaros! De qualquer jeito envio-te um com uma dedicatória, prometo!
O meu filhote tem tido excelentes notas, imagina até o som estridente da flauta sai mais afinadinho (contudo ainda causa aquele arrepio nos tímpanos que tanto te queixavas), a gata Maria da Luz vai bem (continuas hipersensível ao pelo de gato, ou a terapia de dessensibilização serviu de algo?).
Nas paredes da sala tenho azulejos arte nova, as flores que coloquei na varanda floriram (parece um jardim), na entrada tenho um vaso de lavanda como o cheirinho que te fazia espirrar. Sabes a velhinha caixa de musica japonesa com aquele som que te fazia urticária no cérebro, continuo a arranjar-me todas as manhãs ao seu som, a polvilhar-me com o mesmo pó talco, fazendo aquela nuvem rosa que tanto te incomodava. Verdade como tens passado das alergias?
Todas as sextas feiras danço religiosamente Kizomba de musseque, naquela discoteca em que te negavas a entrar por achar estranha por não ser in ou fashion. Ouvi dizer que andas em danças de salão, tenho dificuldade em te ver de collans pretos acetinados colados ao corpo, e blusa de folhos com o peito à mostra e maracas nas mãos, mas as pessoas mudam, contudo cuidado nada de cordões com crucifixo de fancaria sabes que fazes reacção a pichebeque e ficas com o corpo numa chaga.
Acho que estou a ficar mais adulta, mais mulher, contudo ainda uso a pulseira de guizos indianos que faz aquele escabeche todo ao andar, que tanto irrita meio mundo, há coisas de que não se abre mão mesmo quando se cresce desmesuradamente!

Um beijo terno na testa (ando constipada).

 

Maria João

publicado por mulheresforadehoras às 15:38
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.Contador

Condos
Cell Phone Family Plans
blogs SAPO

.subscrever feeds