Um blog escrito por três mulheres, funciona como espaço para catarse, debate e exposição de pensamentos soltos.

.posts recentes

. Pó vivo!

. As duas Casuarinas - Cont...

. As duas casuarinas

. Isso não importa

. Profecia Familiar - Bem q...

. Noticia de ultima hora - ...

. Tai

. Romantismo masculino/Toda...

. Ser inebriante portuga

. Quem tem uma Tia assim nã...

.arquivos

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

Quinta-feira, 7 de Maio de 2009

Tristeza(?)

 

A tristeza é uma experiência mais serena do que se imagina quando a evitamos, quando, por exemplo nos intoxicamos de outras coisas que sirvam de "mata-borrão" para ela ou quando intoxicamos a toxicidade da dor que nos atormenta com substâncias que a iludam e sosseguem. Disilude-nos, é verdade com aquilo (ou com as pessoas) que nos foge(m) e surpreende-nos com aquilo (ou com as pessoas) que nos traz. Mas, doendo, pode tornar-nos clarividentes. Daí, que nos possa trazer uma tranquilidade estranha, uma quase serenidade.

Afinal, só quem pode estar triste é que nunca se deprime...

 

 

ZeliaN

sinto-me: serena
publicado por mulheresforadehoras às 11:31
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Sabina a 7 de Maio de 2009 às 12:21
A tristeza é um teste que a vida nos impõe de tempos a tempos. Uns caem, outros renascem melhores e mais fortes.

Força aí ;-)
De mulheresforadehoras a 7 de Maio de 2009 às 15:00
Sou como a Fenix, amiga. Morrida mas nunca morta!
Triste, mas não deprimida e muito menos
vencida!
E só pode ser assim, porque a própria Vida só ama quem para ela sorri...

Jinho

Zélia
De mulheresforadehoras a 7 de Maio de 2009 às 15:27
Minha querida amiga Zelia, por vezes ao pensar em ti lembro-me de Ganesh, um Deus tão lindo que ao nascer ninguém ouvia as suas palavras de sabedoria e bondade pois a sua beleza ofuscava. Verdade a tua beleza ofusca, faz parar multidões e gera autênticos turbilhões (sei já vi) mas o teu interior amiga é unico, continua a me fascinar e surpreender, pena que nem toda a gente o saiba apreciar como tu mereces.
Maria João
De mulheresforadehoras a 7 de Maio de 2009 às 22:07
É a tua alma doce que te faz ver-me assim, amiguinha!

Gosto muito de ti! Mas issso já sabes.
De Sabina a 12 de Maio de 2009 às 14:16
Ainda em tristeza???

(será que a ela paga mesmo dividas? Hummmm, vou ali ao banco e já volto. Pode ser que fiquem com a minha tristeza)
De mulheresforadehoras a 12 de Maio de 2009 às 22:15
€stá a cicatrizar! Vai no bom caminho! Nada de pressas. Dão mau resultado! Mas não, não pagam dívidas...
E então? vamos dançar ou não.
Triste, triste mas vivinha, caramba!


zelia
De Sabina a 13 de Maio de 2009 às 13:19
Não pagam dividas mesmo. Fui ao banco com toda a minha tristeza e o fulano disse-me que o meu emprestimo estava na mesma.

Vamos dançar pois. Onde, quando?

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.Contador

Condos
Cell Phone Family Plans
blogs SAPO

.subscrever feeds