Um blog escrito por três mulheres, funciona como espaço para catarse, debate e exposição de pensamentos soltos.

.posts recentes

. Pó vivo!

. As duas Casuarinas - Cont...

. As duas casuarinas

. Isso não importa

. Profecia Familiar - Bem q...

. Noticia de ultima hora - ...

. Tai

. Romantismo masculino/Toda...

. Ser inebriante portuga

. Quem tem uma Tia assim nã...

.arquivos

. Maio 2011

. Fevereiro 2011

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

Segunda-feira, 8 de Junho de 2009

Cresci

 

Domingo passei-o por inteiro no curso das massagens ayuvedricas. Não julguem que é simples esta arte. É necessário saber os marmas, os tipos de temperamentos, as raízes dos chakras e um role de palavras estranhas em sânscrito, que dão toda uma aureola de sabedoria e sapiência milenar. A minha amiga Zélia resolveu contar ao formador, um tipo enorme com os seus cinquenta e tal anitos, que envergava apenas umas cuecas a imitar camuflado (o mundo da lingerie masculina é um espaço deverás intrigante e nem sempre bom de descobrir) que eu sofria de um mal raro, diagnosticado na aula anterior, por ela, uma recentemente investida curandeira Hindu – as omoplatas coladas.
Resultado, o mestre pegou em mim, sacudiu-me de um lado para o outro, enquanto dizia descontraia… descontraia….esvazie o pensamento…relaxe…relaxe!!! Tudo isto feito perante uma turma de curiosos iniciados, que seguiam as artes circenses tirando notas. Tentei abstrai-me do patético da situação, de estar a ser sovada com a minha autorização por um gorila de cuecão verdejante no melhor estilo fashion Rampo. Sem conseguir dar dignidade à situação, lá ia e vinha, o pescoço era puxado e torcido, as costas prensadas com os joelhos, sacudida como insecto nas mãos de uma criança com desvios comportamentais. Sou apenas uma cobaia, ele disserta sobre a activação e alinhamento, purificação dos Chakras, das 7 camadas do Campo Aurico e etc e tal. De súbito sou erguida no ar e se ouve um bruto estalido (klak...klak...klak) acompanhado pelo meu berro de dor e a exclamação dele de puro contentamento – “a sua omoplata não estava presa, você é que é muito tensa…sabe ando nisto há muitos anos!!!”. O público aplaude entusiasmado, eu educadamente agradeço com uma vénia, e gabo o excelente serviço dando graças a Deus por estar viva.  
Saí das aulas com a convicção que passei por um ancestral ritual de passagem para um cristão crescer uns centímetros. Acho…só pode ser essa a explicação!
 
 Maria João
publicado por mulheresforadehoras às 19:58
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.Contador

Condos
Cell Phone Family Plans
blogs SAPO

.subscrever feeds